Notícias

Site da Cemulher mostrará ações de violência contra mulher

23/08/2018

A atual administração do Poder Judiciário de Mato Grosso, presidida pelo desembargador Rui Ramos, tem trabalhado para dar efetividade às ações de enfrentamento à violência contra a mulher. Diversas frentes de trabalho são realizadas nesse sentido e uma delas é a criação do site da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher) no âmbito do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), lançado na manhã desta quinta-feira (23 de agosto), no auditório Gervásio Leite, na sede da Justiça mato-grossense, em Cuiabá.

A plataforma, lançada na 11ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, dará transparência e disponibilizará as ações e projetos dos juízes de Mato Grosso para toda a sociedade, além disso, no site poderão ser conferidos, artigos, notícias, normativas, estatísticas, projetos e tudo o que tem sido feito relacionado à violência contra a mulher.

“Esse é mais um produto do Poder Judiciário, um trabalho do nosso presidente, desembargador Rui Ramos Ribeiro e da nossa corregedora-geral da Justiça, Maria Aparecida Ribeiro. O site vai estar à disposição da imprensa, em primeiro lugar, porque é ela o nosso instrumento de transmissão das notícias, efetivamente. O portal está disponível também para os cidadãos, para que todos possam verificar como estamos trabalhando, nos incentivar e nos apresentar sugestões para que possamos melhorar o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher”, disse Maria Erotides.

Para a corregedora Maria Aparecida Ribeiro, ter um site específico para tratar de assuntos referentes à mulher em situação de violência doméstica em Mato Grosso é um avanço. “Demos total apoio a essa inciativa da Cemulher, inclusive no desenvolvimento da página, por meio do Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância (Dapi). A partir de agora vamos dar ainda mais visibilidade a esse tema, divulgar boas práticas do Judiciário, campanhas, notícias e serviços para estimular a denuncia e coibir essa prática tão nociva à família”, enfatizou a magistrada.

O site da Cemulher está hospedado dentro do portal do Tribunal de Justiça (veja aqui ).

Após o lançamento do site, a delegada de polícia de Teresina (PI), Eugênia Nogueira do Rego Monteiro Villa, titular da primeira Delegacia Especializada de Feminicídio do Brasil, proferiu palestra sobre “A investigação e o processamento judicial do Feminicídio sob a ótica da perspectiva de gênero”.

O evento tem a participação do Sistema de Justiça e Segurança Pública e conta com a presença de magistrados, delegados de polícia, psicólogos, assistentes sociais, representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso (OAB-MT), policiais militares, policiais civis, bombeiros e servidores.

Campanha - Em Mato Grosso, a semana da Justiça pela Paz em Casa, realizada pela Cemulher e pela Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT), teve início na segunda feira (20) e segue até sexta-feira (24).

A ação atende ao chamamento da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), e mobilizou o Poder Judiciário e parceiros para atuar no combate à violência doméstica e na promoção da paz nas famílias.

 

Veja matérias correlatas:

Cemulher lança site e realiza seminário nesta 5ª

TJ intensifica enfrentamento à violência doméstica

MT apresenta boas práticas em evento nacional

Dani Cunha/ Fotos: Otmar de Oliveira (F5)
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394/3409